Viagem Literária

Apenas uma maneira de despejar em algum lugar todas aquelas palavras que teimam em continuar saindo de mim diariamente.

Name:
Location: Porto Alegre, RS, Brazil

Um gaúcho pacato, bem-humorado e que curte escrever algumas bobagens e algumas coisas sérias de vez em quando. Devorador voraz de livros e cinéfilo assumido. O resto não interessa, ao menos por enquanto.

Monday, January 30, 2006

A Casa dos Budas Ditosos


A Casa dos Budas Ditosos é um livro difícil de se encaixar em alguma definição. Humor? Com certeza, há passagens hilárias. Biografia? Não deixa de ser, já que supostamente conta a história da vida de uma mulher. Pornografia? Indiscutivelmente. Mistério? Em parte, uma vez que a suposta autora segura até o final a revelação da doença que a aflige. João Ubaldo Ribeiro assina o livro, atribuindo a autoria a uma velhinha devassa que enviou suas memórias a ele. Pura estratégia de marketing, mas faz parte do charme do livro. Na verdade, falar charme é pegar leve com a obra. A Casa dos Budas Ditosos é um livro que certamente deve ter despertado a repulsa de muitas pessoas que tiveram acesso às suas palavras. Isso porque o autor não poupa ninguém, tirando sarro o tempo inteiro dos puritanos e hipócrita ao descrever em detalhes explícitos as experiências sexuais da personagem/autora. E não é pouca coisa. Sexo com o irmão, com o tio, com homens, com mulheres, padres, freiras e muito mais, sempre tratando como se fosse a coisa mais natural do mundo. Misturado a tudo isso, a velhinha ainda aproveita para demonstrar sua erudição, utilizando citações e fazendo referências a grandes pensadores. O resultado? Uma obra divertida de ler – para quem não tem problemas em entrar em contato com um material dessa liberdade –, pornográfica e escrita de maneira tão envolvente que o desejo que fica é não largar o livro. Ou conhecer a velhinha. Fernanda Torres era a estrela de uma peça baseada na obra, que, pelo que recordo, não passou por aqui. Divirtam-se com o livro, então.

1 Comments:

Anonymous Gabriel Silveira said...

Livro maravilhoso, que retórica divina! Sensacional.

11:22 PM  

Post a Comment

<< Home